logo AzMina

Intervenção urbana espalha histórias de mulheres nas ruas das grandes cidades

Projeto espalha mensagens de empoderamento e espera arrecadar fundos para chegar a mais locais

Feminicidade, um coletivo de mulheres, espalha histórias de mulheres pelas ruas de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília, distribuindo, assim, mensagens de empoderamento. Os lambe-lambes, espalhados nas principais vias públicas das cidades, carregam frases e imagens, ocupando o espaço público de maneira sustentável e colorida.

O projeto foi criado em 2015 e tinha como objetivo ganhar outras plataformas de ativismo e, assim, gerar reflexões. A ideia é tocar desde mulheres militantes do feminismo até pessoas que nunca ouviram falar sobre ele (o que é difícil hoje em dia, mas nunca se sabe). As imagens coladas nos muros e outros lugares visíveis indagam e propõem diálogos aos que transitam nas vias, seja a pé, de carro ou de ônibus.

Elas ainda realizam um evento anual, no mês de março – e da mulher -, para celebrar o Dia Internacional da Mulher e totalmente gratuito. Repleto de palestras e rodas de conversa sobre diversos temas, como diversidade sexual, violência doméstica, mulheres no cárcere, padrão de beleza, empoderamento feminino, o papel dos homens no feminismo, e outros; fora workshops, grafites, exibição de filmes e uma feira com produtos produzidos por mulheres.

Agora, no mês de agosto, elas foram selecionadas no projeto “Mulheres de Impacto” da plataforma de financiamento Benfeitoria, a qual propõe a divulgação de iniciativas focadas na valorização das mulheres, com apoio do ONU Mulheres e da ONG Think Olga. 

O Feminicidade quer se expandir, atingindo outras plataformas, e disseminar suas mensagens de outras formas, como a possibilidade de mais eventos em outras cidades, e também a publicação de um livro. Para que isso aconteça, elas desejam atingir cerca de 25 mil reais em 45 dias precisam muito da sua ajuda.

Para doar acesse https://benfeitoria.com/feminicidade

Para mais informações: [email protected]

http://www.feminicidade.com.br/

Afinal, sororidade é isso.

Somos movidas por uma comunidade forte. Falta você!

AzMina ajudou a revolucionar a cobertura de gênero no jornalismo brasileiro nos últimos 6 anos. Com informação e dados, discutimos temas tabus, fazemos reportagens investigativas e criamos uma comunidade forte de pessoas comprometidas com os direitos das mulheres. Muita coisa mudou nesse meio tempo (feminicídio deixou de ser “crime passional” e “feminista” xingamento), mas as violências contra as mulheres e os retrocessos aos nossos direitos continuam aí.

Nosso trabalho é totalmente independente e gratuito, por isso precisamos do apoio de quem acredita nele. Não importa o valor, faça uma doação hoje e ajude AzMina a continuar produzindo conteúdo feminista que faz a diferença na vida das pessoas. O momento é difícil para o Brasil, mas sem a nossa cobertura, o cenário fica ainda mais tenebroso.

FAÇA PARTE AGORA