logo AzMina

Usamos informação, tecnologia e educação para combater a violência de gênero

Quem somos

Quem somos

Uma resposta feminista à desigualdade

O Instituto AzMina é uma organização sem fins lucrativos que luta pela igualdade de gênero. Produzimos uma revista digital, um aplicativo de enfrentamento à violência doméstica, uma plataforma de monitoramento legislativo dos direitos das mulheres, além de palestras e consultorias.

Saiba mais

Missão

Promover a equidade de gênero por meio da informação e da educação, considerando especificidades de raças, classe e orientação sexual.

Visão

Criar um mundo onde gênero não influencie o acesso das pessoas a direitos e oportunidades.

Valores

Respeito à integridade de todas as pessoas, em qualquer contexto.

Empatia: AzMina procura se colocar no lugar do outro. Nosso jeito de contar
histórias e de difundir o conhecimento passa pela escuta genuína e interessada, reconhecendo a singularidade de cada
indivíduo e buscando soluções coletivas.

Diversidade: quanto mais vozes diferentes, mais longe a voz d’AzMina chegará e mais gente se sentirá parte dela. Temos o compromisso de trazer para o debate público vozes de diversas raças, classes, ideologias, orientações sexuais e gêneros.

Leveza: falamos sobre temas sérios e lidamos com questões dolorosas, mas buscamos sempre um caminho doce. AzMina se pretende acessível, propositiva e otimista.

Excelência e responsabilidade na apuração e na transmissão de conteúdo.

Independência editorial: a Revista AzMina tem total autonomia em relação ao conteúdo que produz.

Linguagem acessível: queremos conversar com o maior número possível de pessoas e apostamos na linguagem como ponte. Simplificamos ao invés de complicar.

Diálogo: apostamos na troca de ideias como forma de promover a transformação e buscamos dar voz a diferentes pontos de vista.

Gestão coletiva: AzMina busca construir consensos e tomar decisões coletivamente, respeitando a autonomia de ação e de decisão de cada área, além das áreas de saber de cada profissional.

Transparência: Dados e processos abertos e compartilhados sempre.

Nossos parceiros

Quem financia e apoia AzMina

AzMina tem diversos parceiros que financiam a estrutura institucional e de projetos. São recursos vindos de doações de fundações e pessoas físicas, editais e patrocínio a projetos. Também temos parceiros que prestam serviços probono.

Saiba mais

Somos movidas por uma comunidade forte. Falta você!

AzMina ajudou a revolucionar a cobertura de gênero no jornalismo brasileiro nos últimos 6 anos. Com informação e dados, discutimos temas tabus, fazemos reportagens investigativas e criamos uma comunidade forte de pessoas comprometidas com os direitos das mulheres. Muita coisa mudou nesse meio tempo (feminicídio deixou de ser “crime passional” e “feminista” xingamento), mas as violências contra as mulheres e os retrocessos aos nossos direitos continuam aí.

Nosso trabalho é totalmente independente e gratuito, por isso precisamos do apoio de quem acredita nele. Não importa o valor, faça uma doação hoje e ajude AzMina a continuar produzindo conteúdo feminista que faz a diferença na vida das pessoas. O momento é difícil para o Brasil, mas sem a nossa cobertura, o cenário fica ainda mais tenebroso.

FAÇA PARTE AGORA

Fale com AzMina

Fale com AzMina

Ficamos sempre felizes de falar com vocês! Somos uma equipe pequena, então pedimos um pouco de paciência e compreensão quanto ao prazo da resposta, ok? Mas respondemos a todas mensagens, elas não caem num limbo ;)

Nossos projetos

Conheça nossas ações

A gente se orgulha de fazer parte da mudança que vem tornando todo o país menos machista. A gente faz isso aliando comunicação à tecnologia em nossos projetos. Além da Revista AzMina, temos o PenhaS, um app de enfrentamento à violência doméstica, e o Elas no Congresso, nossa plataforma de monitoramento dos direitos das mulheres no legislativo. Conheça todas as nossas ações!