AzMina está em festa. Antes mesmo de completar 2 anos, a gente já foi parar no Cannes Lions Festival, a mais prestigiada premiação do mundo da publicidade, e arrebatou cinco troféus. A campanha #MaisQue70, que questionava a diferença salarial entre homens e mulheres, faturou um leão de prata na categoria Entretenimento e Música, que premia peças com colaboração musical e outros três, de bronze, na categoria Rádio. Já a campanha #VamosMudarOsNúmeros, lançada em campo de futebol no Dia da Mulher, arrebatou um leão de bronze na categoria Media, que celebra trabalhos amplificados pela criatividade e por escolhas estratégicas.

A primeira campanha discutiu a desigualdade salarial entre homens e mulheres. Durante o mês da mulher, cantoras como Tiê, Daniela Mercury e Valesca Popozuda doaram 30% de suas músicas para lembrar aos brasileiros que, por aqui, mulheres ganham em média 70% da remuneração dos homens pelo mesmo trabalho. Logo, quem quisesse ouvir algumas de suas obras no período ia ter que se contentar com um percentual da canção. A campanha é assinada pela J. W. Thompson, que desde o final de 2016 incluiu AzMina no time de ONGs que agencia sem custo.

A segunda campanha premiada levou os dados da desigualdade para os gramados no último 8 de março, quando o Cruzeiro entrou em campo com os números das camisas exibindo estatísticas das adversidades enfrentadas pelas brasileiras. A agência New 360 amarrou a parceria entre AzMina e o clube mineiro.

“Misturar jornalismo e campanhas de conscientização como temos feito, sem verba e sem gente com formação em marketing na equipe, foi uma aposta que fizemos na cara e na coragem, e ganhar esse dois leões antes mesmo de completar 2 anos de vida é simplesmente muito mais do que a gente podia sonhar”, celebra Letícia Bahia, diretora institucional d’AzMina.

AzMina também foi duplamente finalista na categoria Promo & Activation com as campanhas #VamosMudarOsNúmeros e #MaisQue70.

E teve mais prêmio da mulherada brasileira na parada: com o apoio da agência de consultoria 65 | 10, cuja missão é mudar o papel da mulher na publicidade, a gigante Ogilvy arrebatou um leão de bronze para a Nescau na categoria Glass Lion pela campanha Meninas Fortes. A categoria destaca campanhas relacionadas à igualdade de gênero, tem apenas 3 anos de existência e ainda não havia agraciado nenhuma campanha brasileira.

* Você sabia que pode reproduzir tudo que AzMina faz gratuitamente no seu site, desde que dê os créditos? Saiba mais aqui.