logo AzMina

Igrejas LGBT inclusivas ganham espaço após tiroteio de Orlando

Elas apostam em uma interpretação acolhedora da Bíblia, da Torá, do Corão e todos os textos sagrados

Na capital dos Estados Unidos, Washignton D.C.,  em cada bairro existe uma igreja com a bandeira LGBT na frente e a frase: “TODOS são bem-vindos”. Essas igrejas inclusivas ganharam força após o tiroteio de Orlando, com uma interpretação acolhedora da Bíblia, da Torá, do Corão e todos os textos sagrados.

Reportamos neste vídeo uma linda reunião religiosa de diversas denominações para acolher gays, lésbicas, bissexuais e transexuais, em homenagem às vítimas do massacre.

Ei, você quer que o jornalismo feminista exista?

AzMina coloca tecnologia, dados e jornalismo a serviço do feminismo. Se você acredita nesse trabalho e quer que ele continue, apoie hoje o jornalismo independente que fazemos.

EU APOIO AZMINA