logo AzMina

AzMina participou da criação do projeto Sou+Elas, da Rede Globo, que apresenta o universo das diferentes mulheres

Por acreditar que dar visibilidade às mulheres é uma tarefa possível e essencial, a AzMina participou da concepção do projeto Sou+Elas, que buscou falar sobre empoderamento feminino em todos os canais da Rede Globo. Ao longo de 2020, colaboramos para tirar do papel a ideia da Globo de apresentar histórias de mulheres inspiradoras, sem romantizar as múltiplas opressões que as mulheres sofrem.

Com participação em diversos encontros, sugerimos a identidade visual e defendemos a linguagem inclusiva do projeto, que deveria compreender o empoderamento das mulheres com uma perspectiva interseccional – considerando raça, classe, território, orientação sexual como elementos fundamentais.


Em seguida apoiamos a criação dos primeiros vídeos, elaborando personagens, narrativas, caminhos e escolhas do roteiro. O conteúdo do Sou+Elas foi apresentado nos intervalos comerciais, em ações de conteúdo nos programas da casa, além de uma websérie no GShow.

Somos movidas por uma comunidade forte. Falta você!

AzMina ajudou a revolucionar a cobertura de gênero no jornalismo brasileiro nos últimos 6 anos. Com informação e dados, discutimos temas tabus, fazemos reportagens investigativas e criamos uma comunidade forte de pessoas comprometidas com os direitos das mulheres. Muita coisa mudou nesse meio tempo (feminicídio deixou de ser “crime passional” e “feminista” xingamento), mas as violências contra as mulheres e os retrocessos aos nossos direitos continuam aí.

Nosso trabalho é totalmente independente e gratuito, por isso precisamos do apoio de quem acredita nele. Não importa o valor, faça uma doação hoje e ajude AzMina a continuar produzindo conteúdo feminista que faz a diferença na vida das pessoas. O momento é difícil para o Brasil, mas sem a nossa cobertura, o cenário fica ainda mais tenebroso.

FAÇA PARTE AGORA