logo AzMina

AzMina se uniu à campanha Ela Decide Seu Presente e Seu Futuro, liderada pelo Fundo de População da ONU (UNFPA) no Brasil

O início da vida sexual costuma ser tabu para muitas meninas. Para reduzir as barreiras nesse momento complicado da juventude e conversar com as adolescentes sobre o começo de uma vida sexual saudável, o Fundo de População da ONU (UNFPA) no Brasil lançou a campanha Ela Decide Seu Presente e Seu Futuro, e a AzMina não ficou de fora! A revista se uniu à campanha para produzir conteúdo para os sites e criar uma campanha para redes sociais.

Nosso objetivo foi conversar com meninas sobre o início da vida sexual de maneira descontraída, unindo o rigor de apuração de conteúdo do bom jornalismo com uma linguagem divertida de redes sociais. Sem tabus, com uso de memes e brincadeiras, para ter alcance e chegar às adolescentes.

A campanha foi um sucesso! Discutimos sobre primeira vez, ensinamos como identificar assédio e o que fazer em caso de violências. Entre os dias 26 de novembro e 4 de dezembro de 2020 alcançamos cerca de 265 mil pessoas nas nossas redes sociais e os conteúdos da campanha já estão entre os posts de maior alcance do perfil d’AzMina no último ano.

Quem está na cola do machismo mesmo?

Desde 2015, AzMina está do lado das mulheres e da luta pelos nossos direitos. E, ao nosso lado, nós tivemos muitas leitoras e leitores, que financiam o nosso trabalho e acreditam que jornalismo feminista deve chegar a todos. Graças aos nossos apoiadores, impactamos a vida de milhares de mulheres e produzimos cada vez mais conteúdos e projetos. Nossas reportagens, vídeos, podcasts, campanhas de conscientização e projetos como o PenhaS e o Elas no Congresso são totalmente gratuitos.

Se você valoriza tudo isso, considere fazer uma doação. Junte-se às mais de 500 pessoas que tornam o nosso trabalho possível. A maior parte dos nossos apoiadores contribui com R$ 20 mensais e cada real é importante.

O jornalismo feminista independente é muito essencial à Democracia sempre. Mas no Brasil de 2021, não podemos descuidar nem um dia. Para isso, AzMina depende de você.

APOIE A CONTINUIDADE DESSE TRABALHO HOJE!