logo AzMina

Ciladas do relacionamento aberto: ciúmes, machismo e insegurança

Quais são os desafios de abrir mão da exclusividade?

Se você está nas redes sociais em 2022, você já deve ter esbarrado em alguma discussão acalorada sobre relação aberta. Tem gente que defende que é a melhor receita para o amor durar e tem quem garanta que só conseguiria isso na próxima vida.

O debate é bom e vale uma conversa franca. Para desvendar como essas relações são na prática e descobrir quais são as ciladas mais comuns, a gente procurou Anne Fonseca e Cah Fernandes, duas mulheres praticantes da não-monogamia. Elas falaram sobre machismo, ciúmes, racismo e muito mais. Assista!

Somos movidas por uma comunidade forte. Falta você!

AzMina ajudou a revolucionar a cobertura de gênero no jornalismo brasileiro nos últimos 6 anos. Com informação e dados, discutimos temas tabus, fazemos reportagens investigativas e criamos uma comunidade forte de pessoas comprometidas com os direitos das mulheres. Muita coisa mudou nesse meio tempo (feminicídio deixou de ser “crime passional” e “feminista” xingamento), mas as violências contra as mulheres e os retrocessos aos nossos direitos continuam aí.

Nosso trabalho é totalmente independente e gratuito, por isso precisamos do apoio de quem acredita nele. Não importa o valor, faça uma doação hoje e ajude AzMina a continuar produzindo conteúdo feminista que faz a diferença na vida das pessoas. O momento é difícil para o Brasil, mas sem a nossa cobertura, o cenário fica ainda mais tenebroso.

FAÇA PARTE AGORA