logo AzMina

AzMina recebe apoio do Programa de Municipal de Apoio a Projetos Culturais – Pro-Mac para realização de projetos audiovisuais

Mulheres que enfrentam desafios e inspiram suas comunidades. É esta a força por trás do projeto Elas por Nós que, por meio de duas edições, apresentará mulheres brasileiras que são protagonistas das suas histórias.

O projeto será realizado pela Revista AzMina, por meio do Programa Municipal de Apoio a Projetos Culturais – Pro-Mac, que tem o objetivo de incentivar projetos culturais e artísticos por meio da renúncia fiscal. Com financiamento da Falconi serão produzidos episódios que contam as trajetórias de mulheres com histórias marcantes dentro da temática do episódio. 

A primeira edição apresentará as Mulheres de Impacto. Por meio de entrevistas realizadas com cada uma dessas mulheres, queremos identificar a problemática central em suas vidas e narrar quais são os caminhos encontrados por elas para encarar esses desafios.

Queremos conversar também com outras mulheres impactadas pelo trabalho da protagonista, para mostrar que a força do trabalho dela, seja em sua casa, no escritório, no consultório ou  na sala de aula pode ter um impacto real e inspirador na vida de outras pessoas. 

Na segunda edição da websérie, vamos trazer os desafios e as visões das mulheres protagonistas no enfrentamento à pandemia do Covid-19. 

Sabemos que a pandemia impacta mais a vida de mulheres do que a dos homens. Elas tiveram um aumento na carga de trabalho do cuidado, com os filhos, com a casa, foram mais expostas no dia a dia e são maioria no setor de saúde. Por isso, com entrevistas queremos saber: como a pandemia afetou as vidas das nossas protagonistas? Quais foram os caminhos encontrados por elas para encarar este desafio?  

Quem está na cola do machismo mesmo?

Desde 2015, AzMina está do lado das mulheres e da luta pelos nossos direitos. E, ao nosso lado, nós tivemos muitas leitoras e leitores, que financiam o nosso trabalho e acreditam que jornalismo feminista deve chegar a todos. Graças aos nossos apoiadores, impactamos a vida de milhares de mulheres e produzimos cada vez mais conteúdos e projetos. Nossas reportagens, vídeos, podcasts, campanhas de conscientização e projetos como o PenhaS e o Elas no Congresso são totalmente gratuitos.

Se você valoriza tudo isso, considere fazer uma doação. Junte-se às mais de 500 pessoas que tornam o nosso trabalho possível. A maior parte dos nossos apoiadores contribui com R$ 20 mensais e cada real é importante.

O jornalismo feminista independente é muito essencial à Democracia sempre. Mas no Brasil de 2021, não podemos descuidar nem um dia. Para isso, AzMina depende de você.

APOIE A CONTINUIDADE DESSE TRABALHO HOJE!