azm_logo-educacional

AzMina agora conta também com cursos, palestras, workshops e oficinas

Conheça aqui nossas propostas educativas

Divã d’AzMina

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

‘Com o pênis torto do meu namorado, aprendi que dedicação é mais importante que anatomia’

'Pouco importa se aquele cara tem fama de ter um pau grande ou é muito gostoso nas fotos do Instagram.'

‘Minha mãe me chama de burra e vadia, e faz de tudo para me separar dos meus namorados ‘

'Os surtos começaram com a minha adolescência. A mãe companheira e confidente que eu conhecia sumiu'

‘Transei com um desconhecido no banheiro e ele filmou tudo, sem eu saber’

'Joguei na cara dele que era crime. Ele respondeu que crime seria se ele publicasse em algum lugar'

‘Estou há três meses limpa: parei de tomar anticoncepcional’

'Tudo são flores nessa minha nova empreitada? Claro que não. Mas parei por querer voltar a entender o meu corpo'

‘Sei que sou lésbica desde os 11 anos. Aos 14, experimentei transar com homens. Fui estuprada’

'Fechei os olhos e pedi pra Deus que acabasse logo. Falei que estava doendo, e ele disse que, se eu não relaxasse, ia doer mesmo'

‘Tá vendo aquela gordurinha na minha cintura? Eu amo’

'Ela me incomodou a vida inteira, e eu nem sei se ela esteve a vida inteira ali, mas, na minha mente, sim, esteve. Mas aí a gente cresce e começa a valorizar o que é'

‘Aos 65 anos, experimentei sexo virtual. E, quando nos encontramos ao vivo, fui agredida’

'Eu sabia o que ele queria. Mas, droga, meus cabelos são brancos. Não tenho mais tempo pra não viver o que a vida me pede'

‘Não gosto de transar com meu namorado. Mas ele é o cara mais legal do mundo’

'Quero ter um companheiro muito mais do que quero gozar. E, quando quero gozar, me masturbo e fica tudo bem'

‘Me achava muito gorda e feia, e achava justo o bullying que faziam comigo na escola’

'Os diretores diziam que eu exagerava, que estava inventando. Aos 13 anos, comecei a sofrer de bulimia e automutilação'

‘Me dói saber que por vários meses vivi uma relação que envolvia enganar outra mulher’

'Além da aliança dourada no dedo esquerdo, ele tinha um ego enorme, uma mitomania patológica'
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE