Divã d’AzMina

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Por que o Natal deixou de fazer sentido pra mim

'Que no Ano Novo a gente possa amar de coração; desgostar de peito aberto e livre; e praticar o respeito sincero à escolha alheia. Mesmo que isso nos afete'

‘Viver sem culpa, essa é minha resolução para o Ano Novo. E a sua?’

'Passamos a vida elogiando pessoas queridas, mas não conseguimos perceber o mesmo em nós'

‘O HIV já me atingia muito antes de entrar em mim’

'Amanhã celebramos o Dia Internacional da Luta Contra a Aids e quero sugerir a todos e todas que façam o teste. E que venha a cura!'

‘Mulher negra: força, respire e vai pra cima. O mundo é seu também’

'Você deve isso a você mesma, a mim, e a todas as minas pretas que ainda vão pisar nesta terra'

‘A torcida subestima os times femininos’

'Temos que fazer o triplo para ter o mesmo reconhecimento dos masculinos. A maioria dos técnicos é de homens e suas habilidades raramente são contestadas'

‘Fazer cesárea não me tornou mais fraca ou menor do que qualquer outra mulher’

'Durante meses não conseguia contar a história do nascimento da Luisa sem chorar.'

#Me Too: Meu diretor de teatro dizia que minha salvação era ele

'Aos poucos via que uma mulher saía da companhia, depois outra e outra... o motivo era o mesmo: assédio.'

‘Ajudo mulheres que querem fazer aborto: envio pílulas para 180 países’

'O aborto é assistência à saúde. Você não precisa acreditar nessa necessidade, mas ela existe.'

Fiz vários abortos sem pedir ajuda aos ‘pais’: me via como a única responsável

'Demorei muito a perceber que a responsabilidade é dos dois envolvidos. A gente sofre pra cacete e ainda é condenada'

Eu fiz um aborto: ‘Sou trans, e engravidei depois de ser estuprado’

'Tive vergonha de ir à Polícia. Eu, com um corpo de homem, mas com uma vagina. Eles iam rir de mim.'
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE