logo AzMina

A nova arma de Obama contra o estupro

Campanha da presidência americana coloca celebridades para falar de consentimento com universitários
por Equipe AzMina
17 de setembro de 2015

https://www.youtube.com/watch?v=DYQZqqljrvc&feature=youtu.be

 

P arece absurdo, mas tem muita gente que ainda não entendeu que “não” é não! Essa ainda é a confusão número 1 em casos de abuso sexual em universidades! E para ajudar a explicar essa questão mais do que importante, a Casa Branca lançou neste mês mais um vídeo para a campanha “It’s on us” (Depende de nós). Nele, figuraças como Josh Hutcherson (Jogos Vorazes) e Nina Dobrev (Diário de um Vampiro) falam sobre o que é consentimento. “Sem ele não há sexo, só estupro” é a mensagem.

No site da campanha, jovens são convidados a assinar um compromisso no qual entendem, por exemplo, que:

1) Consentimento passado não significa consentimento presente ou futuro,
2) Pessoas sob efeitos de drogas ou álcool nem sempre são capazes de consentir,
3) Se a pessoa não está em condições de consentir não é sexo, é estupro,
4) Devem pedir ajuda de mais alguém e interferir se presenciarem situações de abuso, entre outros.

E você, quer também assinar embaixo e estimular seus colegas a assumir esse compromisso?

Apoie AzMina

AzMina alcança cada vez mais gente e já ganhou mais prêmios do que poderíamos sonhar em tão pouco tempo. A gente acredita que o acesso a  informação de qualidade muda o mundo. Por isso, nunca cobraremos pelo conteúdo da Revista AzMina. Mas o jornalismo investigativo que fazemos demanda tempo, dinheiro e trabalho duro – então você deve imaginar por que estamos pedindo sua ajuda.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que gente que não pode pagar pela informação continue tendo acesso a ela. Porque jornalismo independente não existe: ele depende das pessoas que acreditam na importância de uma imprensa plural e independente para um país mais justo e democrático.

Apoie AzMina

AzMina é uma resposta feminista à desigualdade e ao preconceito