Índice

  • Unknown-2

Como este professor está ensinando os alunos a respeitar as meninas

Por Carolina VicentinNas aulas de educação física, ele coloca os pequenos para discutir que coisas são "de menino" ou "de menina"
  • PFR_2170

Nem tudo são tristezas: os esforços para formar professores em direitos humanos

Por Carolina VicentinConheça algumas iniciativas que apostam na capacitação para combater o machismo com as crianças desde bem cedo
  • PFR_2139

“O professor disse que eu precisava de um homem pra me ‘colocar na linha’”

Por Carolina VicentinEm escolas que não podem mais discutir questões de gênero, meninas relatam episódios de agressão psicológica e física - e até assédio de educadores
  • capa

Ofensiva contra educação de gênero faz escolas temerem até discutir a AIDS

Por Carolina VicentinSete projetos de lei tramitam no Congresso contra “doutrinação” e “ideologia de gênero”, apesar de o direito a estudar o tema ser garantido na Constituição
  • destaque

“É urgente que a gente saia de trás das telas e volte a se encontrar”, diz organizadora da Marcha de Washington

Por Isadora Varejão MarinhoEm entrevista exclusiva, Briane Butler conta como foi a organização da marcha, as dificuldades encontradas e as expectativas do que vem a seguir com o início do governo Trump.
  • _MG_5296

Os cartazes mais engraçados dos protestos de mulheres contra Trump

Por Nana QueirozNão foram só os números da Marcha de Mulheres que chamaram a atenção dos EUA neste sábado, mas também seu senso de humor
  • IMG_6451

Mulheres lideram as ruas contra Trump em seu primeiro dia de mandato

Por Nana QueirozAmanhã, a movimentação feminina terá seu ápice quando ao menos 200 mil são esperadas para se juntar à Marcha das Mulheres
  • pequeno

Nascem Flores no Asfalto – Capítulo 3: Anatomia do não

Por Mariana LozziNessa distopia, reproduzir deixou de ser escolha. Acompanhe toda sexta a luta de quatro mulheres que resistem a que seus corpos sejam reduzidos a ferramentas.
  • girls rock

Conheça por dentro o acampamento de rock só para meninas

Por Hard GrrrlsSou uma das voluntárias no acampamento de férias e conto aqui um pouco o dia a dia do evento que ajuda meninas a se empoderarem através da música
  • trump certa

Americanas vão às ruas sábado contra Trump e pelo aborto

Por Debora DinizMulheres se preparam para marchar nos Estados Unidos. O principal temor é a perda de direitos já conquistados
  • _NIK5808-2

Sua cadeira de rodas pode ser um acessório de estilo!

Por Babi BowieEstilista explica como a moda tem se adaptado para fazer com que o equipamento, além de funcional, seja uma expressão de identidade
  • anti-corpos

Conheça a banda Anti-Corpos, fundada por duas meninas de 13 anos

Por Hard GrrrlsCom um som punk feminista e seis discos lançados, a banda já circula Europa e Brasil
  • collagep

Nascem Flores no Asfalto – Capítulo 2: O Dígito

Por Mariana LozziNessa distopia, reproduzir deixou de ser escolha. Acompanhe toda sexta a luta de quatro mulheres que resistem a que seus corpos sejam reduzidos a ferramentas.
  • 14202491_735173656621687_8972825403798482857_n

2017 nasce sob o fantasma do limite de gastos com educação e saúde

Por Equipe AzMinaSe a discussão em torno da nova lei foi extremamente estendida, coloca-se, enfim, a típica e inevitável questão do “E agora, José?”
  • mirrorp

“Confesso: sou feminista mas não consigo amar meu corpo”

Por Equipe AzMinaApesar de tudo o que sei sobre os padrões de beleza que nos torturam, não consigo escapar da armadilha de querer me encaixar neles.
  • Livros-Peri-Rossi

Traduzimos poemas inéditos da escritora uruguaia Cristina Peri Rossi

Por Bruna EscaleiraUma conversa com a premiada escritora uruguaia sobre mulheres, exílio e literatura. Leia quatro de seus poemas
  • martapeq

Não interessa quem ficou com o prêmio da Fifa: Precisamos falar sobre Marta

Por ~dibradorasFinalista pela 12ª vez, Marta é considerada melhor jogadora de todos os tempos e nós precisamos valorizar isso!
  • globelezaindice

Globeleza 2017, uma nova perspectiva sobre o Carnaval – e não só para nós, negras

Por Juliana LunaGlobeleza foi constituída através de ótica dominadora, opressora e racista. Por que só a “mulata” da Globo representava o Carnaval? E por que ela era invisível o resto do ano?
  • ventana_mina

Nascem Flores no Asfalto – Capítulo 1: Os velhinhos ou A descoberta da infância

Por Mariana LozziNessa distopia, reproduzir deixou de ser escolha. Acompanhe toda sexta a luta de quatro mulheres que resistem que seus corpos sejam reduzidos a ferramentas
  • lovep

“Uma mensagem de amor especial para Débora”

Por Equipe AzMinaEu sou apaixonada por ela dos pés à cabeça e quero que todo mundo saiba o que isso significa para mim. A Débora é uma pessoa que amo e que tem uma singularidade que não cabe em palavras.
  • 44_indice_azm01

Chacina de Campinas não foi exceção ou loucura, foi crime de gênero

Por Letícia BahiaJustificar um crime com ciúmes é outra forma de dizer: "você me pertence e eu posso dispor de você - inclusive da sua vida". Isamara Filier foi assassinada porque não quis ser a mulher que Sidnei Ramos de Araújo queria que ela fosse.
  • obst perq

Indústria da cesárea aumenta violência obstétrica no Brasil

Por Isabel RochaQuestionário feito pela reportagem com 150 mulheres mostra que em 61,5% dos casos o procedimento foi uma sugestão médica e não uma escolha da mulher
  • ScreenShot2016-12-23at12.00.48PM

“Quando estamos trabalhando não queremos ser bonitas, queremos ser inteligentes”, diz Youtuber assediada por Vin Diesel

Por Nana QueirozEm entrevista exclusiva à AzMina, Carol Moreira fala sobre a chuva de ataques que recebeu nas redes sociais desde que decidiu expor comportamento do ator americano
  • mylee

As 11 séries mais feministas de 2016

Por Helena BerthoDe Eleven de "Stranger Things" à trans Maura de "Transparent" todas as mulheres poderosas que cruzaram nossas telas - e algumas séries pra você descobrir
  • rafaela

Mulheres que fizeram história no esporte em 2016

Por ~dibradorasO ano foi mesmo delas! Com uma coleção de recordes e medalhas, as atletas quebraram muitos paradigmas esse ano!
  • mae e filhop

“Caro pai do meu filho, queria que você parasse de cuidar da minha vida”

Por Equipe AzMinaE passasse a cuidar da do nosso filho. Ele está crescendo e você não está por perto. Já eu, eu posso viver e isso não me torna uma mãe ruim.
  • prostitutap

Controle da prostituição e ataque aos direitos de migrante

Por Amara MoiraO debate sobre a prostituição não pode ignorar migrantes e perder de vista que tentativas de controle costumam mascarar projetos xenófobos de sociedade
  • capaunderground

14 festivais feministas de música pra você ficar de olho em 2017

Por Hard GrrrlsOs festivais de 2016 em que mulheres soltaram a voz contra o machismo vieram pra ficar!
  • mortep

2016 foi ano de olharmos para os femicídios causados pela lei

Por Debora DinizA criminialização do aborto causou uma matança no Brasil: uma mulher a cada seis horas. Esse sangue está nas mãos do Estado.
  • 01_indice_azm03_capa

“Mulheres serão as vítimas preferenciais da PEC do Teto”, diz subprocuradora da República

Por Equipe AzMinaEm outras palavras, as mulheres trabalharão mais e por mais tempo, sem remuneração ou com remuneração precária
  • medpp

“O medo dos assédios me deixa em pânico”

Por Equipe AzMinaTenho 15 anos e tenho medo até de ir para o colégio sozinha por causa dos "fiu-fius" e "ô lá em casa". Não devia ser assim!
  • Olga-Savary-poeta

Olga Savary: pioneira da poesia erótica no Brasil – e mais

Por Bruna Escaleira“Deito-me com quem é livre à beira dos abismos e estou perto do meu desejo"
  • pwr-foto

Conheça o selo dedicado apenas às mulheres da música

Por Hard GrrrlsIniciativa mapeou 310 bandas com integrantes mulheres e mostra que São Paulo concentra maior número
  • manteig

Por que estupros e abusos nas telas são um problema real?

Por Helena BerthoO estupro real em "O Último Tango em Paris" e o beijinho roubado em Malhação têm muito a ver: eles armam a cama para os relacionamentos abusivos deitarem e rolarem
  • 4189726292_71bae8b674_bpe

“Precisei de mais de dois anos para denunciar o homem que me estuprou”

Por Equipe AzMinaDenunciei meu agressor às vésperas do fim do prazo que a Lei Maria da Penha me dá, porque precisei de tempo para entender e assimilar o que vivi.
  • os operários tarsila do amaral

Novos testes de medicamentos no Brasil vão considerar DNA indígena e africano

Por Amanda NegriCom inclusão de células-tronco de grupos minoritários em banco de dados, essas pessoas contarão com tratamentos mais eficientes
  • 05_indice_azm02_abortolegal

Três grandes mitos sobre o aborto

Por Debora DinizHoje o Supremo vota ação sobre a epidemia de zika, que inclui também o aborto para mulheres grávidas contaminadas. E para o debate avançar, precisamos superar mitos que alimentam o sentimento de ultraje e fanatismo.
  • empatiap

Por que os brasileiros não têm empatia?

Por Helena BerthoPesquisa com 63 países nos colocou na 51ª posição na capacidade de se pôr no lugar do outro.
  • mobilidade urbana

Mobilidade urbana é coisa de menina, sim!

Por Amanda NegriEvento inédito discute o tema sob a perspectiva das mulheres. Todas as discussões serão conduzidas por mulheres da área
  • revolverp

“Por pura sorte foi HPV e não HIV”

Por Equipe AzMinaEu achava que DST era daquelas coisas que só acontecem com os outros. Demorei pra entender que transou sem camisinha, pode pegar.
  • pexels-photo-12971

O Bolsa Família está empoderando as mulheres?

Por Equipe AzMinaA Lei do Bolsa Família define que as mulheres devem ser as titulares preferenciais do benefício, isto é, elas devem ter o cartão em seu nome e ser as responsáveis pelo saque do benefício
  • camisinhapeq

Enquanto sexo for “coisa de homem” não vamos acabar com a AIDS, alertam especialistas

Por Helena BerthoO prazer é visto como masculino e o cuidado, a prevenção, como algo que cabe às mulheres, inclusive, negociar. Até a camisinha feminina fica na seção masculina das farmácias
  • IMG_1901-mini

Literatura, substantivo feminino: conheça nossa nova seção!

Por Bruna EscaleiraA coluna "AZMina dão a letra" chega perguntando: cadê as minas escritoras? Ainda temos menos espaço no mercado editorial, mas somos muitas, múltiplas e maravilhosas. Vem com a gente conhecer autoras incríveis!
  • Abortion-Womens-Right

Já podemos celebrar que aborto até o terceiro mês não é crime? Explicamos direitinho a decisão do Supremo

Por Equipe AzMinaSupremo liberta profissionais de clínica de aborto e abre a maior oportunidade para a descriminalização da história do Brasil
  • azm_quem_manda_aqui_sou_eu_indice

Aborto até o terceiro mês não é crime, entende turma do Supremo

Por Equipe AzMinaSupremo liberta profissionais de clínica de aborto e abre pela primeira vez discussão sobre a descriminalização.
  • 2016_aldeia_MariaRibeiro-7346

7 coisas que aprendi com as indígenas sobre maternidade

Por Andressa DreherTalvez não houvesse reportagem se esta não tivesse partido de um preconceito
  • 2016_aldeia_MariaRibeiro-7855

Como os indígenas vivenciam o parto e a amamentação

Por Andressa DreherOs remédios naturais e chás fazem parte de todo o processo - da gravidez ao pós-parto
  • abre

As crianças indígenas que são filhas de toda uma comunidade

Por Andressa DreherAs relações complexas de parentesco entre muitos grupos indígenas permitem que as crianças recebam atenção pulverizada e desenvolvam autonomia desde pequenas
  • 2016_aldeia_MariaRibeiro-7946

Semeando gente: como são criadas as crianças indígenas

Por Andressa DreherAs crianças Kaingang, por exemplo, mamam no peito de mais de uma mãe, segundo a tradição, e até quando quiserem.
  • 2016_aldeia_MariaRibeiro-7954

“Nas indígenas, eu buscava uma nova maternidade para me salvar”

Por Andressa DreherEu tenho 30 anos. Sou uma mulher branca com diploma universitário e sem filhos. E preconceituosa. Não era minha intenção, juro. Como vou falar de maternidade indígena com toda essa bagagem?
  • 2016_aldeia_MariaRibeiro-7908

As indígenas nos mostram 305 novas maneiras (ou mais) de ser mãe

Por Andressa DreherMãe não é tudo igual, ao contrário do que diz o ditado. E mãe indígena definitivamente não é tudo igual. Mas existem algumas semelhanças, inclusive, com a gente
  • 15178230_780126298793089_7138662941762476440_n

Por que, afinal, fizemos uma campanha sobre mamilos?

Por Equipe AzMinaUma reflexão sobre o mamilaço que alcançou mais de 1 milhão de pessoas - e um convite para o Facebook
  • Isaura tupiniquim

Documentário “Para Além dos Seios” discute tabu em torno das mamas

Por Equipe AzMinaFilme que estreia em Brasília parte dos mamilos para debater outras questões de gênero e saúde.
  • blac powerpq

“Vou continuar aqui, com meu cabelão incomodando”

Por Equipe AzMinaÀs vezes parece que não me encaixo nos lugares. E tenho a sensação de que meu cabelo incomoda até mais que a cor da minha pele.
  • 13529118_706378196167900_2352022982727831704_n

Pessoas trans também precisam de cotas

Por Jaqueline de JesusÉ preciso reconhecer, em primeiro lugar, a humanidade das pessoas trans, que é sistematicamente negada, e posteriormente, a sua cidadania
  • banksy_monalisa

Dar cu é bom?

Por Carolina VicentinFaz mal? Dá pra gozar? É submissão? Passa doenças? E se sair cocô? A gente responde a todas essas dúvidas sobre o uso sexual do ânus e muito mais nesta reportagem
  • Untitled-1

Banda de uma mulher só: americanas e brasileiras contam como é

Por Hard GrrrlsO estilo conta com uma multi instrumentista que canta e toca simultaneamente, usando suas mãos e pés
  • virgindadep

“Minha virgindade não tem nada a ver com meu hímen”

Por Equipe AzMinaNa minha cabeça de dezesseis anos, a virgindade só seria perdida quando um pênis atravessasse o canal vaginal, estourando o hímen e criando aquela poça de sangue no lençol
  • image3

“Como eu pintava meninas, diziam que aquilo não era grafite”

Por Equipe AzMinaArtista plástica Nina Pandolfo conta como foi impedida de trabalhar por inspirar-se em imagens femininas
  • person-woman-desk-laptop

Pra que serve a literatura quando exclui as mulheres?

Por Amara MoiraFui fazer Letras no intuito de ser escritora e, pouco a pouco, acabei vendo escapulir das minhas mãos toda e qualquer capacidade de escrever
  • Republican U.S. presidential candidates Rubio and Trump react to each other as they discuss an issue during the debate sponsored by CNN for the 2016 Republican U.S. presidential candidates in Houston

“O que me surpreende é que as pessoas estejam surpresas com a eleição de Trump”

Por Juliana LunaTenho esperança de que finalmente nos conscientizemos que a mudança que tanto queremos terá que partir de nós.
  • black womanp

“Eu sou neguinha?”

Por Equipe AzMinaEu era o enigma, uma interrogação. Negra me define ou negra faz parte de mim?
  • publica

“O pacto de silêncio continua, os estupros continuam”

Por Agência Pública de Jornalismo InvestigativoEm entrevista à Pública, a médica Ivete Boulos fala de seu afastamento da coordenação do núcleo que acolhe denúncias e vítimas de violência sexual na Medicina da USP enquanto lutava por punição de aluno acusado de estupro.
  • home

Por que mulheres brancas votaram em Trump?

Por Amanda NegriSociólogo da USP explica: para elas, machismo foi secundário diante de empregos
  • gritem-me negra

Festival sobre feminismo negro começa hoje, no Sesc Pompéia

Por Amanda NegriA temática deste ano é a ancestralidade afro-indígena, em homenagem ao dia e o mês da Consciência Negra
  • Meghan Makers

Meghan Stabler: a primeira executiva trans reconhecida como a mãe trabalhadora do ano

Por Helena BerthoAlém de atuar em uma grande empresa de tecnologia, a americana é ativista dos direitos LGBTTs.
  • dossie feminicidio

“O feminicídio é hoje o maior problema de enfrentamento à violência contra a mulher no Brasil”

Por Helena BerthoNo lançamento do Dossiê do Feminicídio do Brasil, juristas e ativistas discutem por que o Brasil ainda é o quinto país que mais mata mulheres no mundo.
  • road-man-lights-legs

São Paulo é o Estado em que mais ocorrem estupros no país

Por Amanda NegriEm percentuais, Acre lidera o ranking, com 65,2 casos por 100 mil habitantes
  • street-harassment1

Em Portugal, “fiu-fiu” é crime – mas a lei não pegou

Por Paula GilLei existe há mais de um ano, mas ninguém foi condenado. Faltam denúncias ou falta Justiça para julgar?
  • Adágio

Novo livro e exposição desnudam a cartunista Laerte – figurativa e literalmente

Por Amanda NegriArtista sai do silêncio depois de seis anos sem publicar nada e exibe novas HQs e nus artísticos
  • Fanaticism

Como lidar com os fanáticos? Com a lei!

Por Debora DinizJudicializar não é fazer uso da força injusta, mas reconhecer que o Estado é uma instância legítima para fazer valer as regras da democracia
  • gato ansiosop

“As dores e delícias de ser uma ansiosa”

Por Nana QueirozÉ uma mistura de egocentrismo e falta de autoconfiança. Você acha que nunca é o bastante e, ao mesmo tempo, parece que todo mundo tá de olho para ver o seu fracasso
  • deams

Delegacias da Mulher só existem em 7,9% das cidades brasileiras

Por Helena BerthoAlém disso, nossa reportagem apurou que algumas das unidades contabilizadas pelo governo nem sequer existem
  • texto2 peq

O que a delegacia da mulher pode – e deve – fazer por você (e também o que não deve)

Por Helena BerthoSaiba o que esperar do atendimento e exija seus direitos ao fazer uma denúncia
  • pespeq

Por que a palavra da mulher não tem valor nas delegacias?

Por Helena BerthoPara promotora, investigadores precisam entender que, em casos de violência doméstica e sexual, as provas do crime são diferentes e, às vezes, não-materiais
  • texto 3 peq

Quando a delegacia é uma nova violência

Por Helena BerthoLevantamente feito pela revista AzMina mostra que culpabilização da vítima, despreparo dos atendentes, ausência de plantões noturnos e aos finais de semana e falta de infraestrutura são os maiores gargalos
  • laura peq

Para alguns, trabalhar em Delegacia da Mulher é punição. Para outros, uma honra

Por Helena BerthoA sensação de frustração, de não ver o resultado dos esforços, é uma das maiores queixas de quem trabalha na defesa da mulher
  • 140312028120181448447270

Conheça o polêmico projeto de lei quer mudar a Lei Maria da Penha

Por Helena BerthoPL 07/2016, que tramita desde março, tem sido fortemente criticado por advogadas e movimentos de mulheres
  • texto 4p

Pior sem ela: A vida em cidades sem Delegacias da Mulher

Por Helena BerthoEm Ouro Preto, MG, mulheres se organizam para exigir uma delegacia especializada e livrar-se de anos de descaso e humilhações de policiais sem treinamento
  • ng7547043

Um fado triste: como Portugal piorou no ranking de género no último ano

Por Paula GilSomos um país que não admite mulheres na sua história; e as histórias que se contam pregam uma ideologia patriarcal
  • maternativa

Maternativa: uma rede que ajuda a encontrar o equilíbrio entre recém nascidos e o trabalho

Por Amanda NegriConheça o grupo que gera consciência sobre o que é empreender e qual o papel das mães nesse campo tão "arenoso"
  • IMG_4318

Mulheres criam serviços de manutenção doméstica para poupar clientes de assédio

Por Amanda NegriElas cuidam da parte elétrica e hidráulica da sua casa, além de fazer pintura, montagem e instalação de móveis e utensílios, a um preço justo e sem subestimar a cliente
  • 33_indice_azm01_molhadinha2

“Por que desperdiçar um orgasmo legítimo?”

Por Equipe AzMinaAté uma certa idade (nos casos em que não é durante toda uma vida), a mulher não pensa – nem é levada a pensar – no seu orgasmo.
  • sal

Uma pitadinha de sal: deixe publicitárias darem tempero à sua marca!

Por Amanda NegriAlém disso, projeto dá dicas para mulheres que querem abrir negócios na área gastronômica
  • 244663

O que a condenação do padre que impediu um aborto legal significa para as mulheres

Por Lívia MagalhãesO tema sempre será um tabu. Porém, a discordância não pode se confundir com o desrespeito pelas escolhas dos indivíduos
  • info1

Já pensou em contratar uma assistência técnica só de mulheres negras?

Por Amanda NegriDurante esta semana, AzMina contará histórias de mulheres que se aventuram no mundo do empreendedorismo, com objetivo de divulgar os seus serviços e encorajar mais mulheres a criar o seu próprio negócio
  • alem do rosa autorape

Livro sobre câncer de mama reverterá renda para o empoderamento de mulheres com a doença

Por Equipe AzMinaPara a autora, mais do que realizar exames e confiar cegamente neles, é preciso observar a si mesma e conhecer o próprio corpo
  • imagem destacada

Elas te ensinam a empreender – e a fazer parte de um movimento de mulheres que só cresce

Por Amanda NegriDurante esta semana, AzMina contará histórias de mulheres que se aventuram no mundo do empreendedorismo, com objetivo de divulgar os seus serviços e encorajar mais mulheres a criar o seu próprio negócio
  • 11_indice_azm01_direitos

Tanto Brasil quanto Argentina têm leis contra o feminicídio, mas isso não basta

Por Lívia MagalhãesA diferença é que a pena na Argentina é perpétua, enquanto no Brasil a pena é de reclusão de 12 a 30 anos, podendo ser agravada em casos específicos
  • SONY DSC

“O câncer de mama me tirou quase tudo, menos a vontade de viver “

Por Equipe AzMinaIsso mudou por completo a forma como olho pra o mundo, agora eu vejo tudo em perspectiva. Eu sei o que realmente importa. E o que realmente importa ficou.
  • BANNER-Zika

Livro conta a história do zika vírus – esse, sim, um legado da Copa do Mundo

Por Debora DinizA primeira geração de crianças com a síndrome do zika congênito completa um ano de idade, e pouco foi feito pelo governo brasileiro para colocá-las no centro da conversa política sobre a epidemia
  • cuidadoinfancia

Evento dedicado a mulheres negras chega a SP, BH e Recife

Por Equipe AzMinaA ideia é empoderar através do conhecimento sobre diversos temas, como segurança virtual, escrita criativa, rap, poesia, audiovisual, entre outros
  • CMUC-por allan almeida

‘Charlotte Matou um Cara’ quer destruir o machismo no grito – e na música

Por Hard GrrrlsCom um som punk cru, gritado, rápido e mensagens claras, as meninas contam para a Hard Grrrls um pouco de sua trajetória
  • carta estupradorpe

“Uma carta ao homem que me estuprou”

Por Equipe AzMinaO seu sofrimento não te dá permissão pra causar sofrimento nos outros. Você é covarde. Você não é louco, psicopata, doente. Você sabe muito bem o que faz.
  • 16277221

Polônia nos ensina: religião e direito ao aborto não são incompatíveis

Por Debora DinizAs mulheres que marcharam de negro são também católicas, mas acreditam que a liberdade é uma forma de arrumar religiões e democracia
  • KalungasIMG_1505

Cor, gênero e pobreza: o que torna as quilombolas mais vulneráveis ao estupro?

Por Jessica Raphaela e Camila Silva“Se ser mulher no Brasil é delicado, imagina mulher descendente de escravo. Esse corpo vai valer menos ainda”
  • IMG_1524

Medidas contra estupro de meninas quilombolas não foram além dos relatórios

Por Jessica Raphaela e Camila Silva“Há um racismo institucional, sim, e a lentidão do Sistema de Justiça é uma maneira de o Estado colocar suas instituições contra todas as comunidades tradicionais”