Índice

  • 12483534_10208808121787491_1462263661_n

Jovens criam Netflix de empoderamento feminino

Por Equipe AzMinaServiço de assinaturas online que incentivar mulheres a empreender e crescer na carreira
  • assedio

Eu fui assediada por políticos quando era repórter

Por Equipe AzMinaUm líder do governo chegou a me convidar para ir à Itália com ele. Jurei que fosse brincadeira e achei graça. Ele insistiu.
  • 93b1aabc-6ca7-4d4b-83d6-756fca90cbe2

Na luta pelo aborto, será que ela foi longe demais?

Por Marjorie RodriguesEm suas tirinhas, Chiqs quis fazer uma crítica contundente, mas acabou desagradando até mesmo quem é a favor da legalização
  • 18_indice_azm02_reveillon_estupro

O Réveillon de Veluma nos lembra que nenhuma mulher pede para ser estuprada

Por Lívia MagalhãesJovem alega ter sido violentada por um segurança enquanto celebrava a virada. Ao denunciar o caso, recebeu uma enxurrada de julgamentos
  • 1024px-Auguste_Renoir_-_Maternity_-_Google_Art_Project

“Nunca quis ter um filho”, dizem mais e mais brasileiras

Por Equipe AzMinaO número de mulheres que não tem filho aumentou em 6% nos últimos 10 anos no país. Quanto maior o grau de educação, menor a chance da mulher querer engravidar
  • Antoni_Coll_Pi-_Dolor_sense_llàgrimes

Crônica do mês: Obituário

Por Equipe AzMinaUm corpo no chão, uma história. Um, dois, três, quatro passos até o jornal, a coluna estala, o jornal finalmente na mão, o corpo largado na cadeira. Um cigarro aceso.
  • furiosa

Retrospectiva: 2015 foi o ano d’AzMina

Por Marjorie RodriguesNinguém deu mais show neste ano do que as mulheres! Relembre tudinho com a gente
  • valesca

10 celebridades que se declararam feministas em 2015

Por Marjorie RodriguesHá críticas, mas elas, sem dúvida, instigaram muita gente a descobrir o movimento
  • o-FEMINISM-IN-2014-facebook

Sete sonhos para o feminismo de internet em 2016

Por Nana QueirozÉ crítica, mas é cheia de amor <3
  • primeiroassedio

2015: o ano das hashtags feministas

Por Marjorie RodriguesDe #primeiroassedio a #meuamigosecreto, recorde tudo que virou assunto nas redes neste ano
  • Que-Horas-ela-Volta-1 pequena

Os 10 filmes e séries mais feministas de 2015

Por Helena BerthoA primavera das mulheres também está acontecendo nas telas!
  • Untitled

12 vídeos que nos inspiraram em 2015

Por Marjorie RodriguesUma seleção dos vídeos que nos deixaram com olhos marejados, pelinhos do braço arrepiados ou simplesmente dizendo “é isso aí, garota!” na frente do computador.
  • Aaa_le_vengeur_inconnu

Aos 14, perdi a virgindade com um homem de 30

Por Anônim@A relação foi prazerosa, mas, hoje, é impossível deixar de pensar: "que tipo de homem adulto se relaciona com um menina?"
  • 12274297_947325468679106_5454860354109948139_n

O Estado abusa dos corpos de mulheres e filhos de presos

Por Lívia MagalhãesRevista vexatória vitimiza pessoas do sexo feminino em 82% dos casos, sem contar crianças e idosos. Além de ineficaz, prática fere direitos constitucionais
  • 16_indice_azm02_moda

Piriguete, sim!

Por Babi BowieSeu corpo, suas regras! Nosso segundo ensaio de moda traz algumas sugestões pra você divar quando acordar querendo sensualizar no look.
  • marjorie

Não, eu não estou grávida

Por Marjorie RodriguesE tem muitas outras maravilhas que podem acontecer em minha vida além de procriar...
  • Christiana_Figueres_Bonn_Climate_Change_Conference_May_2012

Mulheres protagonizaram acordo sobre o clima

Por Cíntya FeitosaAlém de ter sido costurado com a participação de diversas líderes do sexo feminino, documento reconhece que mulheres estão entre os grupos mais vulneráveis aos efeitos das mudanças climáticas
  • As lutadoras do Morro do Alemão

As lutadoras do Morro do Alemão

Por Equipe AzMinaJovens entram academias de judô, muay thai, kickboxing e MMA para competir - e treinam com os garotos, de igual para igual
  • 17_internetarchivebookimages_breasts

Libertei meus seios da vergonha e do machismo

Por Equipe AzMinaQuando vi amigas colocando silicone, tive inveja. Depois, pena. Porque elas não sabiam que eram bonitas com ou sem o decote preenchido
  • home

Na África do Sul, as mulheres são prisioneiras do próprio corpo

Por Judy LelliottNós vivemos com medo das estatísticas. As do ano passado, por exemplo, mostram que 650 mil foram estupradas
  • 15_indice_azm02_apatia--

Quando eu sentia apatia por meu próprio corpo

Por Equipe AzMinaDizem que o pior do estado depressivo não é a tristeza, mas quando ela desaparece
  • indice

A lama da Samarco atinge a vida das mulheres

Por Elisa EstronioliDepois de quase um mês da tragédia, perda de moradia, privacidade, trabalho e comunidade ainda abalam mulheres atingidas pelo rompimento da barragem da Samarco (Vale/BHP Billiton)
  • jessica jones

Jessica Jones: é pop e é sobre abuso

Por Helena BerthoA série acabou de estrear e merece sua atenção porque cria uma metáfora incrível sobre estupro e relacionamentos abusivos de uma maneira bem pop, levando para um público bem amplo um assunto que precisa ser discutido
  • 12_indice_azm02_placenta

Do útero ao pó

Por Carolina VicentinImpulsionadas pela crença de que o consumo traz benefícios durante o pós-parto, mais e mais mulheres têm ingerido suas placentas – muitas vezes, no formato de cápsulas. Prática não tem respaldo científico.
  • V-A-finalt_1000pequena

Também há inveja entre feministas – e temos que falar sobre isso

Por Equipe AzMina"Eu já vivi várias situações dessas, amizades onde a necessidade de ser minha tutora era bem maior do que meu bem-estar psicológico e físico"
  • 14-_indice_azm02_trav

Por não arrumar emprego, travestis até se matam!

Por Luísa Marilac"Por mais que não gostemos de nos prostituir, é quase sempre a única opção, infelizmente. Eu também já pensei em tirar a minha vida"
  • 13_indice_azm02_laerte

Laerte e Heroicas: Vestindo a camisa do feminismo e da moda responsável

Por Letícia BahiaSaiba mais sobre as camisetas, cadernos e canecas criadas pela Laerte para AzMina e estampadas pela Heroicas - uma marca feminista que fabrica as camisetas super cuidadosa com sua linha de produção.
  • 10_indice_azm02_elianer

“A pornografia é uma fome, podemos saciá-la com um banquete ou um salgadinho”

Por Equipe AzMinaOrganizadora de "Antologia da poesia erótica brasileira" fala sobre erotismo, pornografia, Sade, "50 tons de cinza" - e a diferença entre tudo isso
  • 09_indice_azm02_porporno

Pós-pornô: para sexualizar tudo ao redor

Por Equipe AzMinaContra o sexo comercial, machista e heteronormativo da indústria pornô, o movimento pós-pornô propõe que façamos uma pornografia diversa, experimental e política
  • 11_indice_azm02_divamulhernegra

Por que a mulher negra é tão só?

Por Equipe AzMinaNós, mulheres negras, temos vivências muito diferentes. Mas a verdade é que a solidão nos assola o tempo todo.
  • 08_indice_azm02_crespo

Quem tem crespo é rainha

Por Jarid ArraesCoisa linda é o cabelo todo livre e natural!
  • 07_indice_azm02_Mateu-Velasco

Quando me descobri negra

Por Equipe AzMinaTenho 30 anos, mas sou negra há apenas dez. Antes, era morena
  • 05_indice_azm02_abortolegal

Os bastidores da manifestação contra Cunha e o PL do aborto

Por Letícia BahiaAcompanhamos de perto a organização do ato contra o deputado e o PL 5069 e, acredite, é muito mais complicado do que parece!
  • 06_indice_azm02_divaluisa

Ameaças e violência têm transformado minha vida em uma grande tensão

Por Equipe AzMinaDentro da faculdade em que estudo, recebi por meses bilhetes de assédio e sofri uma tentativa de estupro. O agressor segue impune e desconhecido, mas eu não vou baixar a cabeça.
  • 04_indice_azm02_womenonweb

Elas te dão uma força caso você precise de um aborto

Por Marjorie RodriguesAs brasileiras que trabalham para a ONG holandesa Women on Web confirmam: “mulheres de todas as classes, todas as faixas etárias e todos os credos abortam no Brasil”
  • 03_indice_azm01_homemnapia

Como participar do desafio #homemnapia

Por Equipe AzMinaEste é um convite a tod@s para mudar a situação das mulheres pela raiz!
  • wecandoit-15x15

Um editorial para celebrar!!!!

Por Nana QueirozNesta edição teremos até campanha pra botar #homemnapia, no fraldário, na porta da escola, no tanque....
  • 02_indice_azm01_capa

A revolução vai acontecer na pia!

Por Nana QueirozParece pequeno discutir quem lava a louça, mas a ONU definiu a não-divisão dos trabalhos domésticos como um dos maiores entraves para a equidade