azm_logo-educacional

AzMina agora conta também com cursos, palestras, workshops e oficinas

Conheça aqui nossas propostas educativas

Nana Queiroz

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Nana Queiroz

Nana Queiroz

Diretora de Redação
A Nana é jornalista e escritora. Escreveu os livros "Você já é feminista: abra este livro e descubra o porquê" e “Presos que Menstruam”, além de roteirista do filme de mesmo nome que está em produção (e querendo virar série). Ela também é criadora do protesto Eu Não Mereço Ser Estuprada. Entrou nas listas de mulheres mais destacadas de 2014 do UOL, Brasil Post e do think tank feminista Think Olga. Foi finalista do Troféu Mulher Imprensa 2016. Como jornalista, trabalhou nas revistas Época, Galileu, Criativa e Veja, além dos jornais Correio Braziliense e Metro. No ativismo, foi media campaigner da Avaaz. É bacharel em jornalismo pela USP e especialista em Relações Internacionais pela UnB. Siga a Nana em: www.facebook.com/nana.queiroz

O complicado dilema sobre gays enrustidos e mulheres machistas

Claro que existem mulheres machistas tanto quanto existem gays enrustidos e amargos, mas essas pessoas não podem ser as grandes culpadas pela própria opressão, não faz sentido

Um bate papo sobre o estupro com um amigo que não quer ser machista

Eu não estou dizendo que o Amigão do Futebol merece uma medalha de ouro por ter me ligado e pedido conselhos. Eu e ele sabemos que ele não fez mais que a obrigação - o problema é que têm, infelizmente, muito homem por aí que não faz nem isso...

Armar mulheres, castrar agressores e moralizar a sociedade acabaria com o estupro no Brasil?

Diante de um histórico de impunidade, até mesmo antigos defensores dos direitos humanos têm se sentido inclinados a apoiar medidas drásticas. Mas será que isso reduziria ou aumentaria os danos?

Nem Marcela Temer nem Maria Antonieta são as vilãs da História

As duas são mais vítimas que algozes. Ambas foram transformadas em objetos de adorno de maridos machistas que acreditam que o seu lugar é o de "bela, recatada e do lar"

Dez mulheres gabaritadas que Temer poderia ter nomeado como ministras

Argumento de que ministros não são decididos por gênero mas por mérito é machista por presumir que mulheres não têm mérito ou competência à altura da vida política

“A anulação do impeachment é válida ou não? A resposta não é jurídica, é política”

Especialistas garantem que não há jurisprudência suficiente para saber se pedido é ou não constitucional, agora é uma questão de disputa de poder no campo legal

“Não é só o gênero que é socialmente construído, o sexo biológico também”

Uma das maiores pesquisadoras da relação entre biologia, linguagem e cultura do mundo, Anne Fausto-Sterling comenta como médicos usam critérios culturalmente construídos para adequar o corpo de bebês

Com o sexo dos anjos

Pessoas intersexo (antigamente chamadas de hermafroditas) estão saindo do armário e começando a se organizar num movimento que exige reconhecimento de sua identidade, mudanças na lei e na medicina do Brasil

Redes sociais são tomadas por fotos de mulheres #BelasRecatadaseDoLar

Em resposta a uma reportagem feita pela Revista Veja em que Marcela Temer é defendida como padrão, internautas desconstroem tabus

Marcela, a mulher que a família brasileira aceita ver na política

Os adjetivos "Bela, recatada e 'do lar'” são, claramente, uma cutucada na presidenta Dilma Rousseff, ofendida por opositores como "feia, mandona e intrometida na esfera pública"
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE