azm_logo-educacional

AzMina agora conta também com cursos, palestras, workshops e oficinas

Conheça aqui nossas propostas educativas

equipe.azmina

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Equipe AzMina

Equipe AzMina

This author has not yet filled in any details.
So far has created 156 blog entries.

‘Quantas vezes você já foi estuprada?’

'Tente buscar na memória as experiências sexuais, da primeira transa até o último relacionamento. Você pode dizer que nunca sofreu uma violação silenciosa?'

Manual de Redação da Revista AzMina

As regras expressas neste manual seguem as melhores práticas de jornalismo e foram discutidas e aprovadas pelas integrantes d'AzMina. Ele é mandatório para colunistas, repórteres, editoras e qualquer outra produtora ou produtor de conteúdo

Estou cansada de ouvir ‘você é boa demais pra mim’

'Fico pensando que devo ser mais paciente, mais compreensiva. E menos inteligente, menos forte. Vozes machistas ainda lutam para ter força em mim'

‘Com o pênis torto do meu namorado, aprendi que dedicação é mais importante que anatomia’

'Pouco importa se aquele cara tem fama de ter um pau grande ou é muito gostoso nas fotos do Instagram.'

‘Minha mãe me chama de burra e vadia, e faz de tudo para me separar dos meus namorados ‘

'Os surtos começaram com a minha adolescência. A mãe companheira e confidente que eu conhecia sumiu'

‘Transei com um desconhecido no banheiro e ele filmou tudo, sem eu saber’

'Joguei na cara dele que era crime. Ele respondeu que crime seria se ele publicasse em algum lugar'

Campanhas d’AzMina ganham cinco troféus em Cannes

Em uma delas, colocamos os números do machismo nas costas dos jogadores do Cruzeiro. Na outra, cantoras como Daniela Mercury e Valesca Popozuda questionaram a diferença salarial

AzMina vence Troféu Mulher Imprensa como melhor projeto jornalístico

"Este prêmio vem nos dizer que estamos indo no caminho certo!”, afirma Nana Queiroz, diretora de redação d'AzMina

‘Estou há três meses limpa: parei de tomar anticoncepcional’

'Tudo são flores nessa minha nova empreitada? Claro que não. Mas parei por querer voltar a entender o meu corpo'

‘Sei que sou lésbica desde os 11 anos. Aos 14, experimentei transar com homens. Fui estuprada’

'Fechei os olhos e pedi pra Deus que acabasse logo. Falei que estava doendo, e ele disse que, se eu não relaxasse, ia doer mesmo'
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE