azm_logo-educacional

AzMina agora conta também com cursos, palestras, workshops e oficinas

Conheça aqui nossas propostas educativas

equipe.azmina

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Equipe AzMina

Equipe AzMina

This author has not yet filled in any details.
So far has created 130 blog entries.

Nós, minas periféricas, fomos a linha de frente da ocupação da nossa escola

Uma estudante secundarista conta como debateu machismo e feminismo durante a ocupação de sua escola

‘Quando chegava a hora da penetração, aquilo sempre me destruía’

'Sempre senti dor e mal estar na penetração. Procurei respostas em muitos lugares. Acreditava que havia algo de errado comigo. Hoje, aos 32 anos, vejo a coisa de outra forma'

‘Ouvi um agente de modelos dizer que eu era bonita, mas tinha um problema: era negra’

'Saí de lá aos prantos e tentando entender aquela lógica que limitava as oportunidades de trabalho para mulheres negras no mercado de moda e beleza a um número muito baixo e desequilibrado'

Por que o atendimento especial a crianças vítimas de violência é um grande avanço

Projeto determina que depoimento de testemunhas seja tomado por profissional com formação específica para evitar constrangimento. Agora falta o 'sim' dos senadores

“O clássico ‘é que você me deixa louco’ não cola mais comigo”

Relacionamento abusivo não é só um homem que desce um tapa na sua cara e o sexo por obrigação não é apenas quando alguém arranca sua roupa e estupra você

5 ações que precisam mudar para acabar com a desigualdade de gênero no trabalho

O progresso humano é curioso. Foram necessários menos de 40 anos para colocar o homem na lua, mas faltam 170 anos para colocar uma mulher na cúpula de diversos locais do nosso planeta.

#VamosMudarOsNúmeros: Cruzeiro e AzMina entram em campo pelas mulheres

Clube mineiro veste a camisa da desigualdade em jogo no 8 de março pela Copa do Brasil

Encarceramento em massa de mulheres deixa famílias inteiras desamparadas

Seletivo, o encarceramento além de capturar tão somente as parcelas pobres da população para integrar o seu dramático e violento cenário, viola as mulheres encarceradas e reverbera para as outras mulheres da sua família

“Por que precisamos falar de assédio até a exaustão?” – #UmaMinaAjudaAOutra

Quando ouço alguém dizendo que o mundo tá chato, que feminismo é mimimi, tenho certeza de que ainda estamos discutindo pouco o assunto

Inscrições para as bolsas de reportagem AzMina 2017 estão abertas! Confira o edital

Quer fazer jornalismo feminista investigativo? As inscrições pro concurso vão até 10 de março!
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE