azm_logo-educacional

AzMina agora conta também com cursos, palestras, workshops e oficinas

Conheça aqui nossas propostas educativas

Andressa Dreher

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Andressa Dreher

Andressa Dreher

Andressa é vencedora do concurso de Bolsas de Reportagem d'AzMina. Jornalista e terapeuta holística, tem duas certezas na vida: que reproduz preconceito sem se dar conta e que as pessoas mudam. Seu mundo se ilumina quando trabalha com transformação de paradigmas e causas sociais.

7 coisas que aprendi com as indígenas sobre maternidade

Talvez não houvesse reportagem se esta não tivesse partido de um preconceito

Como os indígenas vivenciam o parto e a amamentação

Os remédios naturais e chás fazem parte de todo o processo - da gravidez ao pós-parto

As crianças indígenas que são filhas de toda uma comunidade

As relações complexas de parentesco entre muitos grupos indígenas permitem que as crianças recebam atenção pulverizada e desenvolvam autonomia desde pequenas

Semeando gente: como são criadas as crianças indígenas

As crianças Kaingang, por exemplo, mamam no peito de mais de uma mãe, segundo a tradição, e até quando quiserem.

“Nas indígenas, eu buscava uma nova maternidade para me salvar”

Eu tenho 30 anos. Sou uma mulher branca com diploma universitário e sem filhos. E preconceituosa. Não era minha intenção, juro. Como vou falar de maternidade indígena com toda essa bagagem?

As indígenas nos mostram 305 novas maneiras (ou mais) de ser mãe

Mãe não é tudo igual, ao contrário do que diz o ditado. E mãe indígena definitivamente não é tudo igual. Mas existem algumas semelhanças, inclusive, com a gente
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE