Guia didático da diferença entre paquera e assédio pra você não ser um canalha no Carnaval

Não é uma tristeza que, em pleno século 21, a gente ainda tenha que ensinar marmanjo como brinca de conquistar?