PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • Mulheres_DF_pquena

Mulheres, por que greve geral?

Por Debora DinizSão as mulheres as mais afetadas pela reforma trabalhista e da previdência. Sabe por quê? Leia no texto de Débora Diniz
  • caixaop-1

Nascem Flores no Asfalto Capítulo 13: Amor de quebrar janelas

Por Mariana LozziAcompanhe a luta de quatro mulheres que resistem que seus corpos sejam reduzidos a ferramentas. "Quando cutucaram as minhas costelas com os bicos de armas compridas e me empurraram portão adentro não demorou até que as gajas daqui me reconhecessem do fuzuê da televisão".
  • anel casamento capa

‘Me dói saber que por vários meses vivi uma relação que envolvia enganar outra mulher’

Por Equipe AzMina'Além da aliança dourada no dedo esquerdo, ele tinha um ego enorme, uma mitomania patológica'
  • patinacao2

Roller Derby, um esporte de velocidade, esbarrões e tombos ‘dominado’ por mulheres

Por Hard GrrrlsModalidade está em crescimento no Brasil e combina estratégia e resistência sobre patins. Grupo em São Paulo é pioneiro
  • PP_Lesbicas_Foto_Paulo_Pinto_06-06-2015_035

‘Sou sapatão e não um mesclado de estereótipos’

Por Evelyn Silva'Depois de um tempo descobri que tipo de sapatão eu era: butch. Masculinizada. Bofinho. Mesmo quando a minha vontade anual de usar vestido aparece'
  • mandala

Nos candidatamos para entrar na Mandala da Prosperidade, a ‘pirâmide feminista’

Por Amanda NegriGolpe financeiro ou movimento que desafia o sistema econômico? AzMina investigou essa polêmica a fundo.
  • balancovaziodiva

‘Simplesmente não quero ter filhos. Me deixem fazer laqueadura em paz’

Por Equipe AzMina'Só peço que respeitem a decisão de suas amigas, filhas, esposas. Continuamos a ser mulheres. E não monstros'
  • Leticia-Kamada-e1492025548507

Karina Buhr, a síntese da liberdade selvagem e viva

Por Bruna EscaleiraEm texto exclusivo para a Revista AzMina, a poeta Maria Giulia Pinheiro faz uma declaração pública de amor à cantora pernambucana e conta como a artista influenciou sua trajetória
  • print

Alunos elegem ‘vadias da semana’ e aluna diz ‘querer morrer’

Por Nana QueirozComo evitar que a Escola Estadual Prof Helena Lombardi Braga reproduza o roteiro de "13 reasons why"?
  • pexels-photo-105882

Mulher deveria pedir autorização do marido pra fazer laqueadura?

Por Nana QueirozNorma, ainda válida no Brasil, começa a ser questionada por médicos e conselhos técnicos e pode cair por terra em breve
LEIA MAIS

Quem somos

A Associação AzMina é uma instituição sem fins lucrativos cujo objetivo é combater os diversos tipos de violência que atingem mulheres brasileiras, considerando as diversidades de raça, classe e orientação sexual. Realizamos palestras, debates, oficinas e outros eventos para aprofundar a discussão sobre os direitos da mulher e combater o machismo. Também organizamos grupos de apoio psicológico e legal para mulheres em relacionamentos abusivos, além de criar campanhas de conscientização nas redes sociais, envolvendo movimentos de mulheres e mobilizando a grande mídia.

Já a Revista AzMina é uma publicação online e gratuita para mulheres de A a Z. Nela, há espaço para todos os tipos de beleza, rostos e formas. Ensaios de moda que contemplam corpos reais, evitam o consumismo e trazem sugestões de looks que cabem no bolso. Além disso,  investimos em reportagens profundas, independentes, responsáveis, sem rabo preso com anunciantes.

Somos uma equipe apaixonada por este projeto e dedicada a usar o jornalismo para ajudar a melhorar o mundo, principalmente para nós, mulheres!

ESPIE NOSSOS PERFIS

Assine AzMina

Somos uma revista sem fins lucrativos que pretende construir um novo senso de beleza e dar ferramentas para que TODAS as mulheres brasileiras sejam ainda mais poderosas. Mas só podemos fazer tudo isso garantindo nossa independência editorial se você colaborar conosco! Coloque uma moeda no nosso cofrinho e prometemos cuidar dela com muita responsabilidade, transparência e carinho.

SAIBA COMO PATROCINAR

Seja um(a) parceiro(a)

Nossa proposta é transformar a publicidade num ato de responsabilidade social. Conheça nosso conceito de publicidade amiga da mulher e venha fazer com a gente uma revista inteligente e divertida, que acredita no potencial de cada mulher em todos os sentidos.

LEIA MAIS