PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • Unknown-2

Como este professor está ensinando os alunos a respeitar as meninas

Por Carolina VicentinNas aulas de educação física, ele coloca os pequenos para discutir que coisas são "de menino" ou "de menina"
  • PFR_2170

Nem tudo são tristezas: os esforços para formar professores em direitos humanos

Por Carolina VicentinConheça algumas iniciativas que apostam na capacitação para combater o machismo com as crianças desde bem cedo
  • PFR_2139

“O professor disse que eu precisava de um homem pra me ‘colocar na linha’”

Por Carolina VicentinEm escolas que não podem mais discutir questões de gênero, meninas relatam episódios de agressão psicológica e física - e até assédio de educadores
  • capa

Ofensiva contra educação de gênero faz escolas temerem até discutir a AIDS

Por Carolina VicentinSete projetos de lei tramitam no Congresso contra “doutrinação” e “ideologia de gênero”, apesar de o direito a estudar o tema ser garantido na Constituição
  • destaque

“É urgente que a gente saia de trás das telas e volte a se encontrar”, diz organizadora da Marcha de Washington

Por Isadora Varejão MarinhoEm entrevista exclusiva, Briane Butler conta como foi a organização da marcha, as dificuldades encontradas e as expectativas do que vem a seguir com o início do governo Trump.
  • _MG_5296

Os cartazes mais engraçados dos protestos de mulheres contra Trump

Por Nana QueirozNão foram só os números da Marcha de Mulheres que chamaram a atenção dos EUA neste sábado, mas também seu senso de humor
  • IMG_6451

Mulheres lideram as ruas contra Trump em seu primeiro dia de mandato

Por Nana QueirozAmanhã, a movimentação feminina terá seu ápice quando ao menos 200 mil são esperadas para se juntar à Marcha das Mulheres
  • pequeno

Nascem Flores no Asfalto – Capítulo 3: Anatomia do não

Por Mariana LozziNessa distopia, reproduzir deixou de ser escolha. Acompanhe toda sexta a luta de quatro mulheres que resistem a que seus corpos sejam reduzidos a ferramentas.
  • girls rock

Conheça por dentro o acampamento de rock só para meninas

Por Hard GrrrlsSou uma das voluntárias no acampamento de férias e conto aqui um pouco o dia a dia do evento que ajuda meninas a se empoderarem através da música
  • trump certa

Americanas vão às ruas sábado contra Trump e pelo aborto

Por Debora DinizMulheres se preparam para marchar nos Estados Unidos. O principal temor é a perda de direitos já conquistados
LEIA MAIS

Quem somos

A Associação AzMina é uma instituição sem fins lucrativos cujo objetivo é combater os diversos tipos de violência que atingem mulheres brasileiras, considerando as diversidades de raça, classe e orientação sexual. Realizamos palestras, debates, oficinas e outros eventos para aprofundar a discussão sobre os direitos da mulher e combater o machismo. Também organizamos grupos de apoio psicológico e legal para mulheres em relacionamentos abusivos, além de criar campanhas de conscientização nas redes sociais, envolvendo movimentos de mulheres e mobilizando a grande mídia.

Já a Revista AzMina é uma publicação online e gratuita para mulheres de A a Z. Nela, há espaço para todos os tipos de beleza, rostos e formas. Ensaios de moda que contemplam corpos reais, evitam o consumismo e trazem sugestões de looks que cabem no bolso. Além disso,  investimos em reportagens profundas, independentes, responsáveis, sem rabo preso com anunciantes.

Somos uma equipe apaixonada por este projeto e dedicada a usar o jornalismo para ajudar a melhorar o mundo, principalmente para nós, mulheres!

ESPIE NOSSOS PERFIS

Assine AzMina

Somos uma revista sem fins lucrativos que pretende construir um novo senso de beleza e dar ferramentas para que TODAS as mulheres brasileiras sejam ainda mais poderosas. Mas só podemos fazer tudo isso garantindo nossa independência editorial se você colaborar conosco! Coloque uma moeda no nosso cofrinho e prometemos cuidar dela com muita responsabilidade, transparência e carinho.

SAIBA COMO PATROCINAR

Seja um(a) parceiro(a)

Nossa proposta é transformar a publicidade num ato de responsabilidade social. Conheça nosso conceito de publicidade amiga da mulher e venha fazer com a gente uma revista inteligente e divertida, que acredita no potencial de cada mulher em todos os sentidos.

LEIA MAIS